Como criar cores diversas com o azul, amarelo e o vermelho

Criar cores diversas com o azul, amarelo e o vermelho infelizmente não é ensinado na maioria das nossas primeiras aulas de artes.

Assim, normalmente paramos nas misturas básicas: azul + amarelo = verde, azul + vermelho = roxo, amarelo + vermelho = laranja.

Mas aqui eu vou te ensinar como ir além da criação das cores secundárias.

Seguindo as dicas que eu forneço, você conseguirá cores como creme e vinho, por exemplo, além de escurecer as cores primárias e secundárias.

Como criar cores diversas com o azul, amarelo e vermelho

Como criar cores com o azul, amarelo e vermelho?

Os lápis de cor são materiais semi-transparentes, e por isso, obtemos novas cores através da sobreposição.

Passando um lápis sobre o outro, como resultado, as novas cores vão surgindo.

Por exemplo, as misturas básicas mais conhecidas, como o verde, laranja e roxo, são obtidas dessa forma.

Acontece que se você altera a pressão do lápis nas passagens, obterá diferentes tonalidades. É assim que conseguimos uma maior variação de tons.

Usando o branco do papel

Temos que lembrar que o branco do papel também é uma cor que afeta a mistura.

Assim, para conseguir um tom mais claro basta deixar a mão mais leve e para uma maior saturação é só apertar mais.

No vídeo abaixo, você vai assistir a uma demonstração de criar cores diversas com o azul, amarelo e o vermelho apenas, além é claro, do branco do papel.

Essa é uma das aulas do nosso curso Dominando a Pintura com Lápis de Cor .

Na mesma linha desse post, semanalmente eu insiro algo novo sobre pintura nas diversas técnicas.

Assim sendo, se você tem interesse em se aprimorar com as cores, pode ver esses outros posts:

O lápis de cor branco funciona?

Além das cores, você pode também aprender mais sobre técnicas de pintura como na aula a seguir.

Lápis Branco

Efeito realista de pelos com lápis de cor.

Pintando pelos com lápis de cor

Conclusão

Criar cores com lápis de cor é simples quando você entende o processo.

Consequentemente, espero que com essas dicas você possa melhorar a qualidade de suas próximas pinturas.

Curta e compartilhe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*