Desenhe uma tartaruga

Segunda-feira é dia de aprender a desenhar aqui no site, e hoje a aula é sobre como desenhar uma tartaruga usando formas geométricas básicas.

Nesse pequeno tutorial eu vou te passar algumas dicas importantes para desenhar de memória, sem uso de imagens de referência como fotografia ou mesmo observação direta de modelo ao vivo.

Você só desenha o que você conhece

Você sabe o que é uma capivara?
Imagino que sim, mas para ter certeza, a capivara é esse animal aqui.

Você sabe quantos dedos uma capivara tem?

Sabia que a capivara é careca na cara entre o nariz e o olho.

Observando o animal, você vai perceber todas essas coisas, mas se eu te pedisse para desenhar uma capivara sem olhar a foto, provavelmente você não saberia todos esses detalhes.

Isso porque não basta saber o que é uma coisa, precisamos conhecer mentalmente todos os detalhes dela.

Por isso não basta saber o que é um elefante. Você precisa observar cada detalhe e memorizá-los antes de conseguir desenhar de memória.

A melhor forma de conseguir ter esse arquivo mental é desenhando de observação através de observação ao vivo ou fotografias.

Quando desenhamos assim, vamos conhecendo os detalhes e memorizando cada um deles.

Tirar fotos apenas não basta. Quando tiramos uma foto não gastamos o tempo necessário para guardar os detalhes, mas quando desenhamos sim.

Estudos indicam que conseguimos desenhar de memória em torno de 200 imagens apenas.

Pouco, não é?

Por isso não se fruste se não consegue desenhar todas as coisas que já viu de memória.

Ninguém consegue.

Antes de mais nada, planeje

Agora que você já sabe que precisa conhecer a coisa que quer desenhar vamos ao desenho, mas…

A primeira coisa que você precisa entender é que para que consiga um bom desenho, com boa composição e sem erros na hora de traçar, você precisa planejar o que pretende fazer.

Tem que imaginar mais ou menos como quer a composição.

Você pode fazer isso criando vários esboços rápidos do que pretende. Isso leva alguns segundos, ou poucos minutos apenas.

Faça desenhos pequenos. O objetivo é apenas ter a ideia da cena.

Experimente algumas variações e separe a que mais te agradou.

Usando formas geométricas

O próximo passo é reduzir todo o desenho a simples formas geométricas básicas.

Nesse exemplo eu fiz o desenho totalmente de cabeça, pela memória que eu tenho do que seja uma tartaruga, mas você pode separar várias fotos do que pretende desenhar para que possa ter a referência em diversos ângulos.

Simplifique o seu modelo para formas geométricas básicas que você reconhece dentro dele.

Então você vê isso, mas…

Encaixa as formas geométricas na imagem de forma a reduzi-la para o formato abaixo.

Não vou me aprofundar nos detalhes de proporção, mas observe os tamanhos de cada uma dessas formas e o seu posicionamento em relação às outras partes para manter a figura na proporção e posicionamento corretos.

No nosso curso presencial e online, nós avaliamos cada desenho e damos as dicas de correção. Aqui não tenho essa condição, por isso você tem que prestar bem atenção nessas instruções.

Verifique antecipadamente a sobreposição das formas

Antes de partir para o desenho, essas formas geométricas vão te ajudar a entender o que está a frente, no meio e atrás.

Dessa maneira você conseguirá desenhar mesmo de caneta sem passar um traço por uma área que não deveria (As vezes isso acontece, mas existem truques para esconder).

Você pode tentar desenhar diretamente de caneta se quiser ou fazer a lápis.

Desenhando a lápis você tem a chance de corrigir os erros, mas perde mais tempo com esses ajustes.

Desenhando direto com a caneta, você provavelmente vai errar no começo por não estar acostumado a desenhar assim, mas vai desenhar com mais velocidade e com o tempo vai ser um desenhista mais atento.

As duas formas tem vantagens e desvantagens. Você pode escolher o caminho que te deixe mais confortável.

O importante agora é estabelecer o que tem que ser desenhado a frente…

O que ficará no meio…

E o que vai ficar atrás.

Feito isso, você pode começar a desenhar com segurança.

Com o tempo vai conseguir manter corretamente as proporções e desenhar tudo o que quiser.

Acompanhe as próximas aulas onde eu trarei mais dicas de como manter as proporções corretamente.

Iniciando o desenho da tartaruga

Agora que eu já sei o que fazer, posso começar a desenhar com segurança.

Embora as explicações acima tenham sido um pouco longas, na prática tudo o que é feito anteriormente é muito rápido. Claro, depende da complexidade do que quer fazer.

Quanto mais complexo o seu projeto, mais tempo vai demorar, mas para um desenho simples como esse, o planejamento leva menos de 5 minutos.

Nessa etapa eu desenho as formas como ela serão já que estou usando a caneta.

Trabalhando a lápis você pode usar as formas geométricas como mostrado antes e ir ajustando por cima com um lápis mais escuro.

Finalize com sombras

Depois de fazer todos os contornos, dê os retoques finais ao desenho criando as áreas de sombra.

Nesse exemplo eu trabalho apenas o preto e baixo, com um pouco de hachuras na parte inferior do corpo da tartaruga.

E assim temos a tartaruga finalizada.

Nos nossos cursos online e presencial nós ensinamos esses desenhos com bastante detalhes, mas não se preocupe se acho esse final do tutorial muito rápido.
É porque ao invés de criar um texto longo demais, eu preparei um vídeo para demonstrar na prática como fazer essas etapas com mais detalhes.

Você pode assisti-lo agora mesmo.

Se gostar do vídeo, aproveite para curtir e compartilhar com os seus amigos.
E aproveite para se inscrever no meu Canal do YouTube.


link para assistir o vídeo no YouTube
https://www.youtube.com/watch?v=zqLB1JwH0xc&feature=youtu.be

Espero que tenha gostado dessas pequenas dicas.

Se quiser um acompanhamento mais detalhado, considere fazer um de nossos cursos.

E não se esqueça…

Na semana que vem tem mais.

Curta e compartilhe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*